O ator e humorista Batoré morre em São Paulo

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, de 61 anos, conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), em São Paulo. Ele estava com câncer. Batoré morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte da capital. "As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido", diz nota da Prefeitura. Ivanildo nasceu em Serra Talhada, em Pernambuco, e se mudou para São Paulo ainda criança. Antes de se tornar ator, jogou futebol nas categorias de base em times paulistas. Com seu principal personagem, Batoré, Ivanildo integrou o elenco do programa " A Praça é Nossa ", do SBT. Em 2016, foi contratado pela Rede Globo para a novela "Velho Chico" em que fez o papel do delegado Queiroz. Batoré também foi vereador de Mauá, na Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP. Fonte: Batoré, ator e humorista, morre em SP | São Paulo | G1

Reinaldo

Quer acabar com o foro privilegiado? Não reeleja nenhum político em nenhuma esfera de poder

Existem 35 partidos políticos no Brasil e nenhuma ideologia, todos atuam guiados pelo fisiologismo de seus membros. O foco dos eleitores, conscientes ou não, precisa ser o de limpar o executivo e as casas legislativas do Brasil inteiro. Tirar aqueles que fazem da política um meio de vida, que não fazem nada pela sua gente e ainda vislumbram uma carreira promissora calcada nas mazelas da população. E, de quebra, ainda coloca toda família no ramo para viver as custas dos impostos do povo. 
Basta. Agora é focar e #NãoReeleger ninguém para cargo nenhum. Esse ato simples de não dar corda a quem quer só privilégios e regalias será suficiente para que voto seja o antídoto para o famigerado Foro Privilegiado. #FimDoForoPrivilegiado
Assim, limpamos o país das quadrilhas familiares e seus agregados devidamente instalados no sistema corrompido. Não dá mais para nossa geração usufruir de um país sem corrupção, vamos levar muitas décadas para ver todos iguais perante a lei, mas precisamos preparar desde já este imenso país para as futuras gerações, e se não começarmos imediatamente, atrasaremos ainda mais o processo.

Comentários

Questão