Questão Brasil

quarta-feira, 4 de abril de 2018

EAD: como é estudar Relações Públicas na modalidade

Estudar na modalidade a distância exige concentração, disposição e disciplina. Isso porque, sem a supervisão presencial de um professor, o aluno precisa estabelecer sua própria rotina de estudos e definir os melhores horários para ler os textos e fazer as atividades exigidas pela carga horária do curso escolhido.

Caloura do curso de Relações Públicas da Universidade Cruzeiro do Sul, Larissa Honorato, de 20 anos, trocou o curso presecial de Moda pelo universo da Comunicação. Profissional do ramo do e-commerce (ela trabalha como Assistente de Produto em uma outlet online de roupas e acessórios), ela viu na nova escolha do curso uma forma de alinhar o universo de vendas junto ao relacionamento com as pessoas: “É um mercado em constante expansão, principalmente com o aumento da repercussão das novas mídias digitais. Achei que é um bom momento pra ingressar na carreira”, explica.

O mercado digital, aliás, é onde ela vê a maior área de oportunidade para os novos profissionais. “Pessoalmente, ainda acho que falta muito para empresas e outros métodos tradicionais se adaptarem aos avanços das tecnologias. Me vejo crescendo por estar alinhada a essa nova era, e quero levar isso para as empresas, que precisam se modernizar e adaptar sua rotina ao gosto dos novos consumidores”. Para tanto, ela cita o sucesso frequente de produtores de conteúdo de plataformas como o YouTube e aos digital influencers em expansão em redes sociais como o Instagram. O sucesso dessas figuras, como ela explica, mostra uma nova forma do público consumir e se relacionar, abrindo leques de novas oportunidades e da necessidade de estar atento às necessidades do jovem consumidor.

Por quê escolher a EaD?

Arquivo do blog

Seguidores