Questão Brasil

sábado, 25 de novembro de 2017

Temer admite que reforma da Previdência não será “muito ampla” – NÃO DEVO ME CONFORMAR

Querem limitar a idade e retirar alguns direitos dos servidores públicos, não todos, e anunciam na propaganda que estão tirando privilégios... Retirar privilégios seria evitar que tanto dinheiro público seja esbanjado por políticos em todas as esferas, o resto é só ferro nos brasileiros.
 



Um dia antes da provável apresentação da nova versão da reforma da Previdência, o presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira que o novo texto não será “muito amplo”, mas terá como objetivo “sobreviver” nos próximos anos e evitar que o Brasil passe pelo mesmo clima de países da Europa que adiaram as mudanças na concessão…
via Temer admite que reforma da Previdência não será “muito ampla” — VEJA.com

Arquivo do blog

Seguidores