BBB21 gerou mais de 6 milhões de tweets em apenas uma noite

Além da boa audiência na televisão, a estreia do BBB21 também foi um fenômeno nas redes sociais . O reality show da Globo conseguiu bater a marca de 6 milhões e 1oo mil tweets em sua primeira noite, marca mais de cinco vezes superior ao registrado pela temporada anterior, que atingiu 1.100.000 comentários. O levantamento foi divulgado pelo Twitter, que levou em consideração todas as publicações feitas entre meia-noite de segunda-feira (25) e 11h de terça-feira (26).  De acordo com a plataforma, a maior parte das publicações faziam referência ao cantor Fiuk. Ele foi seguido no top 5 de menções da primeira noite pelo rapper Projota, a advogada Juliette, a atriz Carla Diaz e a youtuber Viih Tube.  O momento mais comentado da estreia do reality show foi o flerte do filho de Fábio Jr. com a paraibana — ambos estão confinados em um local a parte, ao lado de outros quatro brothers, pois ganharam imunidade na primeira semana. O segundo momento mais comentado da noite, de acordo com a rede soc

Reinaldo

O plano B de Henrique Meirelles? Fantasma da CPMF volta a assombrar o Brasil – Politica

Caso a reforma da Previdência não passe na integra, como quer Henrique Meirelles, o Governo Temer já teria uma outra carta na manga para ferrar o povo brasileiro, afinal de contas o decorativo se tornou um golpista nato e parece que tomou gosto pelas maldades contra a população sofrida deste país. 

 Segundo o Professor Borges Matias, o governo sempre volta à discussão da CPMF porque é uma contribuição de fácil implantação. Por essa razão, ele acredita ser bem possível que esse imposto ressurja em breve tanto nas operações de crédito como nas de débito bancário.




Ou seja, a população terá, mais uma vez, de pagar a conta pela incapacidade do governo em não conseguir adequar suas despesas para reduzir o déficit. “O desperdício da máquina pública é enorme”, diz o professor.

Gasta-se muito em saúde, por exemplo, mas a qualidade da prestação de serviço deixa muito a desejar. 
 Fonte: Fantasma da CPMF volta a assombrar contribuinte – Jornal da USP

Comentários

Questão