Morre Maguito Vilela, prefeito licenciado de Goiânia

O prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), morreu na madrugada nesta quarta-feira (13), a nove dias de completar 72 anos de idade. A morte encerra uma luta contra a covid-19 que começou há 83 dias. Maguito deixa a esposa, Flávia, quatro filhos (entre eles Daniel Vilela), quatro netos e 1,5 milhão de goianienses órfãos. O sepultamento acontecerá em Jataí, sua terra natal. Maguito lutava contra a sua segunda infecção pulmonar, detectada em sete de janeiro – há seis dias, portanto. A notícia de que o paciente havia sido acometido por bactérias no pulmão jogou um balde de água fria em todos que torciam pela sua recuperação, já que antes dela Maguito estava lúcido, assistia a filmes e jogos de futebol no seu quarto, falava com o suporte de uma válvula (que tampava o orifício aberto em sua traqueia para ventilação mecânica) e recebia visita dos netos. O boletim médico desta terça trouxe, pela primeira vez, o adjetivo “grave” para falar da infecção contra a qual o prefeito lutava

Reinaldo

Olha o que ele fez... Neymar de novo http://youtu.be/KxV3AEzA2I0 | @Reinaldo_Cruz @Assuntosdegoias |

No dia em que Messi marcou seu nome mais uma vez na história da Champions League ao marcar cinco gols pelo Barcelona, Neymar não deixou por menos e marcou três vezes diante do Internacional em duelo pela Libertadores, sendo que o craque santista desenhou duas obras primas na noite desta última quarta-feira, dia 7 de março, na vitória do Santos por 3 a 1, na Vila Belmiro.

Depois do jogo, os elogios se multiplicavam. O companheiro Arouca disse que o craque precisa ser analisado pela ciência por toda sua genialidade. E o volante ainda brincou ao afirmar que não gostaria nem de pensar em como seria jogar longe do camisa 11.

Neymar esta completando três anos como profissional e já é o quinto maior artilheiro da história do Santos.

Comentários

Questão