Juliette lança nova música "Solar" que passa mensagem de que os dias ruins também passam

A letra de SOLAR foi escrita por alguém que naquele momento estava dilacerada pela vida, não tinha como saber que aquelas palavras carregadas de tristeza virariam uma bela e alegre música um dia, afinal de contas, elas tinham o intuíto de homenagear e lembrar uma perda muito grande.  As palavras vieram, a caneta deslizou sobre o papel e o texto fluiu de forma natural escrito por alguém magoada, com a fé abalada e triste pelas pancadas da vida naquele momento. Os dias mais difíceis nos levam a pensar que não vamos aguentar, a boa notícia é que eles também passam. A perda de alguém que amamos é irreparável e por vezes nos tira a própria luz do dia, mas que bom testemunhar que Deus nunca soltou a mão de Juliette e ainda permitiu que aquela tristeza de outrora se tornasse um encanto em forma música. A canção "Solar" traz Esperança, conforto e alegria. Na voz aveludada de Juliette ela avisa que o Sol volta sempre para fazer o nosso dia ser lindo outra vez.

Reinaldo

Flamengo vence, Love brilha e R10 conhece a ira Rubronegra http://youtu.be/O5YX3KqjSF4 @Reinaldo_Cruz @Goianao2012

Foi só por um a zero, mas o Flamengo virou líder do Grupo 2 da Libertadores ao vencer o Emelec pela segunda rodada.

Com um gol do sortudo Vagner Love no início do segundo tempo, o Flamengo nem percebeu que tinha desfalques e cumpriu de forma modesta com seu dever de casa.

O torcedor, que compareceu em grande número ao Engenhão, quase 30 mil pagantes, no entanto, não ficou nada satisfeito com o desempenho irregular do Mengão, muito vaiado após o apito final.

O Rubro-Negro teve um homem a mais em campo por 45 minutos, após expulsão de Marlon de Jesús, e mesmo assim não produziu um resultado mais empolgante para sua torcida.

Quem mais sofreu durante a partida, foi Ronaldinho Gaúcho, que irritou o público em lances pouco produtivos. Foi vaiado quando tinha a posse de bola e ouviu o coro "Ei, Ronaldinho, vai..." apesar da atuação razoável, acima das de alguns companheiros, como Deivid e Negueba, responsável por algumas chances perdidas.

Na saída de campo, o camisa 10 comentou a reação pouco favorável:
- É uma motivação a mais para eu correr dobrado, dar a volta por cima. Minha carreira sempre foi assim - disse R10 aos jornalistas.

Comentários

Questão