Comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega recorreram a Jair Bolsonaro, diz The Intercept

Ligações perigosas apontam para relações estreitas entre comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega e o Presidente da República, a matéria intitulada o "O cara da casa de vidro" traz dados que levantam suspeitas sobre Jair Bolsonaro.   O Intercept já havia reportado sobre as escutas em fevereiro, quando mostramos como Adriano dizia que “se fodia” por ser amigo do presidente da República, e em março, quando detalhamos a briga pelo espólio deixado pelo ex-caveira. As referências a “Jair” e “cara da casa de vidro” constam em novos documentos recebidos pela reportagem, que, em conjunto com as escutas anteriores, permitem entender a amplitude das relações do miliciano e da rede que lhe deu apoio no período em que passou foragido. Adriano da Nóbrega fugia da justiça desde janeiro de 2019, quando o Ministério Público do Rio pediu a sua prisão, acusando-o de chefiar a milícia Escritório do Crime, especializada em assassinatos por encomenda. Ex-integrante da elite do batalhão de elite

Reinaldo

Deserto do Ártico: Areias misteriosas na Rússia @Reinaldo_Cruz @QB_7 @Cnn_br @Dribles_ @Goianao2012

Assista mais no canal RT do documentário http://rtd.rt.com
A aldeia de Shoina está situado além do Círculo Polar Ártico, a 1.400 quilômetros de Moscou. Esse povoado é conhecido por suas areias, que apareceram aqui há 50 anos e têm vindo a empreender uma ofensiva sem tréguas contra os seres humanos que tentam viver na região desde então, privando-os de espaço vivo.
Como é que eles apareceram aqui, e onde mais na Rússia você pode encontrar lugares inusitados como este?
Acompanhe mais deste mistério, em RT.

Comentários

Questão