Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

Tudo calmo no Fla @Reinaldo_Cruz @Questao_Brasil @cartabrasil @soccer_brasil @Assuntodegoias #ASBUG @fintasedribles @Blogdozurc

A equipe venceu, mas não convenceu. E isso é fato E apesar da goleada, o técnico Vanderlei Luxemburgo disse que o bom rendimento na partida contra o Atlético-MG foi fruto da calma estabelecida dentro do grupo. "Não é uma vitória para mostrar nada para ninguém. É uma vitória de quem estava jogando bem e que sabia o que estava fazendo. Tem muita coisa que fica na parte externa. Na parte interna, tem muita coisa acontecendo com calma", afirmou o treinador após a partida. "A função dos críticos é diferente da nossa. Vocês criticam e a gente mantém a calma para analisar e tomar decisões", completou. Sobre as cobranças em cima de Ronaldinho e o bom rendimento dele em campo contra o Atlético-MG, Luxemburgo afirmou que o próprio jogador é quem buscou recuperar o equilíbrio.

Comentários

Questão