Comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega recorreram a Jair Bolsonaro, diz The Intercept

Ligações perigosas apontam para relações estreitas entre comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega e o Presidente da República, a matéria intitulada o "O cara da casa de vidro" traz dados que levantam suspeitas sobre Jair Bolsonaro.   O Intercept já havia reportado sobre as escutas em fevereiro, quando mostramos como Adriano dizia que “se fodia” por ser amigo do presidente da República, e em março, quando detalhamos a briga pelo espólio deixado pelo ex-caveira. As referências a “Jair” e “cara da casa de vidro” constam em novos documentos recebidos pela reportagem, que, em conjunto com as escutas anteriores, permitem entender a amplitude das relações do miliciano e da rede que lhe deu apoio no período em que passou foragido. Adriano da Nóbrega fugia da justiça desde janeiro de 2019, quando o Ministério Público do Rio pediu a sua prisão, acusando-o de chefiar a milícia Escritório do Crime, especializada em assassinatos por encomenda. Ex-integrante da elite do batalhão de elite

Reinaldo

Série B 2011: Salgueiro 2 x 0 Goiás @Reinaldo_Cruz #ASBUG



Assim nem são Harley resolve.
O time de hum real perde mais uma

O Goiás perde para o Salgueiro com gols de pênalti: 2 a 0
Quando ainda estava 0x0 Rafael Tóloi, desperdiçou cobrança e apartie dali o verde goiano não se encontrou mais.
A zona de degola para a série C já começa a assombrar o time da Serrinha.

O sofrimento de 2010 teima em não terminar, o rebaixamento só não parece ter sido suficiente para que a diretoria resolvesse reforçar o elenco.
Talvez ter chegado a final do regional, mascarou a situação do time que mostra a cada rodada da série B que é muito fraco e sem qualidade para almejar o acesso a elite do futebol Brasileiro.

Sem querer aqui denegrir o time do Salgueiro ou desmerecer a sua aplicação para vencer o jogo, mas com a receita que tem o Goiás e a sua história, três derrotas consecutivas parece um pouco demais.


A má campanha neste início de Série B, com três derrotas seguidas, o Goiás não pode, de maneira nenhuma se dar ao luxo de não correr atrás de reforços com urgência, já que a partir desta terça-feira, quando começa a sétima rodada, a equipe goiana poderá figurar na zona de rebaixamento. Isso porque concorrentes diretos, jogam e podem ultrapassá-lo. Para piorar o time tem que se recuperar em cima de uma Portuguesa que vem muito motivada depois de golear o Bragantino.

Após a derrota por 3 a 0 para o Paraná, em casa, diante de mais de 20 mil pessoas, pela quinta rodada, o Goiás já sentiu a pressão e teve a luz de alerta acesa.
O Esmeraldino não pode demorar a reagir, sobn pena de não ter tempo para recuperar.

Comentários

Questão