scrolldelay="3000">

QB TV

Arquivo do blog

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Ídolo São paulino e do Brasil, Waldir Peres morre aos 66 anos de infarto fulminante – Eu Digo Sempre



Morreu no início da tarde um dos maiores ídolos do futebol brasileiro, Waldir Peres sofreu um infarto fulminante e não resistiu, vindo a falecer no início da tarde no interior de São Paulo. 

Goleiro que brilhou intensamente no Tricolor do Morumbi e fez parte daquela que foi considerada a melhor seleção brasileira sem Pelé e deixou de conquistar o título da copa de 1982, na qual Waldir Peres acabou sendo injustiçado por setores da imprensa que diziam que o Brasil tinha uma seleção mágica, mas que faltava um goleiro a altura dos talentos de linha.

Descanse em paz Waldir Peres. 

Waldir Peres de Arruda (Garça, 2 de janeiro de 1951 — Mogi Mirim, 23 de julho de 2017), começou na Ponte Preta e viveu seu melhor momento no São Paulo e com passagem marcante na Seleção Brasileira de 1982 com Telê Santana.

É considerado um dos mais importantes goleiros do futebol brasileiro de todos os tempos. 

Defendeu o São Paulo de 1973 a 1984 e a Seleção Brasileira em três Copas do Mundo (1974, 1978 e 1982). Jogou nas décadas de 1970 e 1980, e foi considerado em boa parte desse tempo um dos melhores goleiros do Brasil. 

Foi reserva nas Copas do Mundo de 1974 e 1978, sendo titular na Copa do Mundo de 1982, na Espanha, onde era um dos destaques de um time que contava com Zico, Sócrates, Falcão e Oscar. Waldir Peres é o arqueiro com menor média de gols sofridos na seleção brasileira entre os que atuaram em Copas do Mundo


Pesquisar este blog

Seguidores