QB TV

Arquivo do blog

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Fernando Machado, Secretário de Saúde, presta contas da gestão na Câmara Municipal de Goiânia – Politica

O secretário municipal de Saúde de Goiânia, Fernando Machado, prestou contas do primeiro e segundo quadrimestre de 2016 na manhã de hoje (18), na Câmara Municipal de Goiânia. Durante a audiência, comandada pelo presidente da Comissão de Saúde e Assistência Social da Casa, vereador Dr. Bernardo do Cais (PSC), ele informou que, de janeiro a agosto deste ano, a despesa empenhada foi de R$ 1.013.513.155,20 e a liquidada correspondeu a R$ 775.149.830,94. No período, a participação da receita própria aplicada em Saúde pela Prefeitura de Goiânia representou 19,69%, percentual superior aos 15% previstos na Lei Complementar 141/2012.

Nos dois primeiros quadrimestres do ano, segundo o gestor municipal, foram realizadas 102.015 internações hospitalares pelo SUS, sendo que, destas, 55,64% foram cirúrgicas, 43,82% clínicas e 0,53% pertencentes a outros grupos de procedimentos. Quanto à gestão, ele afirmou que a SMS administra 162 unidades de saúde. Outro dado apresentado pelo secretário se refere ao domicílio do usuário. “Em 52% das internações, os pacientes residiam em Goiânia; e 48% em outros municípios. Isso demonstra a necessidade de avançar na revisão dos cartões do SUS. Para se ter uma ideia, estima-se que hoje existam mais de 4 milhões destes cartões emitidos na capital, sendo que a população de Goiânia é de 1.448.639”, comparou.
Fernando Machado acrescentou ainda outras duas situações que impactaram o sistema municipal de saúde: a irregularidade nos repasses por parte do Governo Federal e a grande quantidade de pessoas que abandonaram os planos privados de saúde, em função da crise econômica. Também participaram da reunião os parlamentares Paulo Magalhães (PSD), Dr. Gian (PSB) e Jorge do Hugo (PR), além do vereador eleito Lucas Kitão (PSL).

Pesquisar este blog

Seguidores