scrolldelay="3000">

QB TV

Arquivo do blog

domingo, 12 de junho de 2016

Taques e Perillo estão ascensão e o sonho de chegar ao Planalto em 2018 ganha corpo | @Reinaldo_Cruz – Assuntos de Goiás – Questão Brasil

reinaldo121
Pedro Taques e Marconi Perillo são nomes em ascensão na política nacional não é de hoje, mas estão longe de serem os preferidos do PSDB para uma eventual candidatura ao Planalto, já que o eixo São Paulo-Minas Gerais não costumam ceder espaços para novas lideranças. 


Ambos só estarão na disputa (e com chances reais) se deixarem o partido.

Os Governadores de Mato Grosso e Goiás estão para o PSDB nacional no mesmo patamar que estão, ou estiveram, Fábio Sousa e Delegado Waldir Soares no âmbito regional, são bons quadros, mas não dispõe da confiança partidária para disputar eleições majoritárias. 
 Muitos militantes sonham, mas acreditar que Aécio Neves vá abrir espaço para alguém na disputa, mesmo ele não reunindo condições morais de estar na briga em 2018, uma vez que o Senador mineiro é obcecado pela faixa presidencial. Aécio julga ter como credencial incontestável a votação expressiva que obteve em 2014, o que o tornaria o candidato natural do PSDB. 
Constantes citações na Lava Jato o torna vulnerável para pleitear nova candidatura. José Serra e Geraldo Alkimin, vislumbram a possibilidade de entrar nessa briga, e colocam as novas lideranças numa fila, que claro, é encabeçada por Aécio Neves. 
 Portanto é melhor os Governadores Marconi e Taques se dedicarem mais aos seus Estados, sonhando dentro da medida, afinal de contas são eleitores locais que podem embasar uma indicação de tamanha responsabilidade. 
Faltando pouco mais de dois anos para o pleito presidencial, há tempo para fazer um projeto nacional decolar, a crise dificulta as ações, mas não são de jeito nenhum empecilho para que o trabalho seja destacado a nível nacional, afinal de contas são em momentos de crise como esse que os grandes líderes costumam surgir.

Pesquisar este blog

Seguidores