scrolldelay="3000">

QB TV

Arquivo do blog

sexta-feira, 11 de março de 2016

Eleições 2016: Renovação ou continuidade?

O eleitor, desiludido que esta, tem que ter em mente que deixar de votar não é solução para nada. Anular o voto ou votar em branco é uma atitude que pode ser entendida como protesto, e só, não contribui para mudar nada no atual sistema político brasileiro. 

 Algumas opções vão surgindo para renovar o legislativo goianiense. Jurandir Cipriano, Zé Ronaldo, Priscilla Tejota, Juvenal Félix, Inspetor Newton Moraes, Aldair Queiroz e PV Paulo Victor surgem como pré-candidatos a uma cadeira na Câmara Municipal de Goiânia. Para você que tem como lema em 2016, a renovação, os nomes acima se apresentam exatamente para te dar a opção de mudança com qualidade. 

 Caso o eleitor esteja contente com os rumos do município ou com o trabalho realizado por algum dos 35 vereadores da atual legislatura busque também pesquisar o que ele fez de útil em favor da cidade e do cidadão nestes últimos 40 meses. Quais projetos de lei ele apresentou e se foram de serventia para a coletividade desta cidade.

Já os concorrentes a sucessão de Paulo Garcia seguem se definindo e assim como a disputa de Vereador, a briga promete ser intensa. 

Iris Rezende é apontado como sendo o favorito, mas nem ele sabe se estará na disputa e enquanto a situação aguarda por Iris, o PT discute o nome do seu candidato próprio. Adriana Accorsi e Luis Cesar Bueno almejam a indicação do partido. 

 O Governador bateu o martelo no PSDB, Giuseppe Vecci é o nome da legenda. Francisco Jr surge como pré-candidato pelo PSD, enquanto o Delegado Waldir Soares garante o PR na disputa por Goiânia. Luiz Bittencourt (PTB) e Reinaldo Assis Pantaleão (PSOL) também colocam seus nomes a disposição em 2016 e suas ideias também serão apresentadas a sociedade no momento oportuno. 

 Vandelan Cardoso é pré-candidato pelo PSB, mas andaram especulando que ele ainda pode deixar o partido e voltar ao PMDB, informação esta que foi prontamente negada por ele. Ainda veremos surgir outros nomes ou a composição entre os citados aqui, certo é que o atual momento exige que nós eleitores tenhamos muita atenção com as propostas de cada um dos pré-candidatos para que não sejamos ludibriados com outro projeto sustentável, que na verdade nem se sustenta.

 Lembre-se, deixar de votar, ou votar em qualquer um só poque é obrigatório não ajuda em nada no desenvolvimento do país.

Outros nomes ainda vão surgir, o leque de opções vai aumentar e o importante é avaliar o histórico de cada um deles, suas ideias, quem os apoia e se são ou não confiáveis para te representar por 4 anos no legislativo goianiense. 

 Gostaria de incluir nesta relação de novidades os nomes de Cloves Reges Maia, Sandro Ragonezi e Anderson Maximo, mas mesmo ativos no debate político de Goiás, sendo nomes interessantes, com ideias mais interessantes ainda não manifestaram o desejo de concorrer no pleito de 2016. 

Desde já, fica aqui a lembrança e se resolverem entrar na briga, podem contar com meu apoio para promover a almejada mudança.

Pesquisar este blog

Seguidores