QB TV

Arquivo do blog

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Ninguém gosta dele: Tucanos divergem sobre liderança e permanência de Aécio Neves à frente do PSDB

No momento em que enfrenta sua primeira crise interna no PSDB depois de dois anos comandando o partido sem contestações, o senador Aécio Neves recebeu no domingo, 31, o apoio público do governador Geraldo Alckmin para renovar seu mandato na presidência da sigla até 2017.

Nas últimas semanas, Aécio tem enfrentado sua pior crise interna desde que assumiu o comando do PSDB, em maio de 2013, aclamado até por antigos desafetos como José Serra e o próprio Alckmin.

O desgaste acontece em várias frentes. O sinal mais evidente foi a votação do projeto de reforma política no plenário da Câmara dos Deputados na semana passada. 

O senador determinou que o partido deveria votar contra o "distritão", sistema pelo qual são eleitos os candidatos mais votados em cada Estado ou município, sem levar em conta os votos para o partido ou coligação.

Líder da bancada do partido na Casa, o deputado Carlos Sampaio (SP) decidiu liberar o voto.

Resultado: dos 53 deputados tucanos, 49 compareceram. Destes, 21 votaram contra e 28, a favor.
Alckmin apoia manter Aécio à frente do PSDB - Agência Estado - UOL Notícias

Pesquisar este blog

Seguidores