scrolldelay="3000">

QB TV

Arquivo do blog

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Dilma Rousseff condiciona reforma ministerial pedida pelo PMDB à aprovação de ajuste fiscal

Em entrevista coletiva em Eldorado do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre, ao ser questionada se faria reforma ministerial, a presidente respondeu que a prioridade são as medidas voltadas à economia.

"Não quero falar disso [reforma ministerial]. Precisamos aprovar o ajuste e, a partir disso, outras medidas serão tomadas", afirmou após participar da inauguração de uma unidade de secagem e armazenagem de grãos em um assentamento do MST. 

Segundo ela, outra prioridade do Executivo no momento é fazer um contingenciamento "expressivo" no orçamento tão logo o projeto de lei orçamentária seja sancionado.

Dilma insistiu na defesa do ajuste fiscal e voltou algumas vezes ao assunto durante a breve coletiva. "O ajuste é feito justamente para garantir continuidade no consumo e no crescimento. É pré-requisito e por isso fazemos questão que seja aprovado", falou.
Dilma condiciona reforma ministerial à aprovação de ajuste fiscal - Agência Estado - UOL Notícias


Pesquisar este blog

Seguidores