scrolldelay="3000">

QB TV

Arquivo do blog

domingo, 29 de junho de 2014

Lugano explica eliminação: “Muito fácil: eles têm James Rodríguez” e manda Brasil abrir o olho

As surpresas da primeira fase podem incluir além das eliminações precoces da Espanha, Inglaterra e itália; a classificação da Costa Rica, Colômbia e Grécia. Talvez você imagine que colocar a Colômbia neste hall seja um demérito para o time James Rodrigues, mas se for analisado que o selecionado deles ficou sem sua principal estrela às vésperas da Copa do Mundo não soaria assim como um absurdo.
A estrela da Colômbia hoje é James Rodrigues, mas que até outro dia ninguém sabia de quem se tratava o camisa 10 que tem encantado o mundo, ele esta fazendo mais sucesso, e decidindo também, mais do que os astros Messi e Neymar.
Diego Lugano alertou o Brasil sobre James Rodrigues e justificou a saída de sua seleção pelo Uruguai não contar no seu elenco com um talento como ele.
O goleiro Ochoa não recebeu o apelido de muralha à toa, não mesmo. O arqueiro da seleção mexicana vinha aprontando das suas diante do fortíssimo time da Holanda e até os 42 minutos do segundo tempo, o selecionado Asteca estava com a mão na classificação.
Substituições equivocadas e uma certa desatenção nos minutos finais levaram o México ao declínio técnico que acabou culminando com a derrota de virada nos minutos finais de uma partida que parecia ganha, ou melhor tinha tudo para ser ganha.
Robben mais uma vez fez a diferença levando a Holanda a mais um triunfo incontestável do ponto de vista tático e técnico, pois a favorita venceu e não há como pôr em duvida o resultado.

Perdeu na bola e na porrada, dixzem nos campos de várzea do Brasil. Aqui não é o caso de tripudiar em cima da onça morta.
Diz a lenda que houve uma agressão do assessor de imprensa da CBF a um integrante da Seleção Chilena, mas em termos de comprovação por imagens, será difícil já que a FIFA não divulgou nada que levasse a imprensa mundial a elucidar o caso. Certo é que o Brasil bateu um antigo freguês e ficou com a vaga nas quartas de final, enquanto que o agredido Chile vai chorar na cama que é lugar quente.
O jogo em si mostrou um esquadrão chileno mais entrosado que o dos brasileiros, em determinados momentos até teve o domínio do jogo e teve as duas bolas do jogo para acabar com o sonho do Hexa, mas o fator sorte pesou em favor da nação canarinho, e se os Deuses da bola fizeram o acaso pender para o nosso lado é sinal que estamos com tudo, até com a sorte de campeão.
Os europeus vão caindo um à um nesta Copa do Mundo, favoritos como Espanha, Inglaterra, Itália e Portugal de CR7 nem passaram da primeira fase, sem ter muito o que fazer na cobertura do Mundial os Jornalistas destes países acharam um bom passatempo para ocupar o seu tempo ocioso. Criticar o Brasil ou alguma coisa que esteja ligada à pátria de Neymar.
Não é difícil abrir um site de um grande jornal europeu e se deparar com alguma notícia que tente trazer de alguma forma embutido algum demérito ao time de Felipão ou a organização brasileira. Tá certo que aquele pênalti mandrake marcado em nosso favor foi um absurdo, mas a seleção brasileira se classificou sem sustos, mesmo não apresentando um futebol convincente não há motivos para que vejam nossas vitórias com tamanho desdém.
O futebol do Brasil não tem sido de primeira? Concordo, mas a imprensa de qualquer país do Mundo também precisa entender que só quem mostrou competência continua alimentando as esperanças de levantar a taça de campeão no Brasil. Os países citados foram fracos em suas apresentações, exceção feita à Portugal que para chegar a um desempenho considerado fraco ainda terá que melhorar muito e Cristiano Ronaldo enquanto melhor do Mundo só desacredita o prêmio Bola de Ouro da FIFA.

Pesquisar este blog

Seguidores